quarta-feira, 20 de julho de 2016

Cenas coletivas de Sampaio

Em 2007, tentei editar um livro com desenhos do cartunista Sampaio, que iniciou na Revista do Globo no final dos anos 40. É irmão mais velho de SamPaulo e foi o primeiro cartunista profissional do Rio Grande do Sul e, por casualidade, meu pai.
A PUC/RS havia digitalizado a coleção completa da revista e, gentilmente, a Professora Alice Moreira, coordenadora do projeto, cedeu os desenhos em alta resolução.
Optei por publicar somente as “cenas coletivas” da sua página, "Ria por favor".
Revendo os desenhos, fiquei encantada com a qualidade, com o cuidado dos detalhes,  com a sua atualidade.
Pensei em fazer uma surpresa, mas achei que seria muito arriscado e resolvi contar para ele qual era o meu plano. Como eu já esperava, não houve grande receptividade. No entanto, ele  concordou em corrigir o texto da biografia.  Achei que era um sinal de consentimento e segui adiante.
A Clô Barcellos e o Rafael Guimaraens, da Libretos Editora, fizeram um lindo projeto gráfico.
Quando o livro já tinha uma “cara” resolvi mostrar, a reação foi de pouco entusiasmo, mas me fiz de desentendida e continuei.
Minha alegria durou pouco: a  timidez do artista falou mais alto e, quando o livro ficou pronto, fui terminantemente proibida de publicá-lo e tive que desistir.
Que tristeza!
Mas, em 2014, no dia do seu aniversário de 87 anos (27 de julho) resolvi criar este blog, e desta vez sem pedir permissão.
Então, divirtam-se procurando nos desenhos de Sampaio seus personagens característicos, criados 40 anos antes de Wally: o homenzinho fazendo xixi (sempre de costas, naturalmente), a guriazinha morena de franja (que sou eu), a folha de samambaia, o gato preto e o autorretrato do grande cartunista  cartunista Sampaio, meu pai!
Maria Lucia Sampaio
* pra quem não sabe,
 é só clicar na desenho que ele fica maior,